• Yasmin Marchesini

Conservação de vacinas

Vacinas são produtos extremamente sensíveis a variação de temperatura, quando não conservadas entre +2°C e +8°C perdem sua eficácia. Essa temperatura deve ser mantida da fabricação até a aplicação, e recebe o nome de cadeia de frio. Laboratório, centrais de armazenamento, as salas de vacinas e todos os outros participantes dessa rede devem realizar o armazenamento e transporte corretamente, de forma que as vacinas nunca sejam expostas a temperaturas fora da faixa estabelecida.

Estudo publicado em 2007 na revista científica Vaccine mostra que a falha mais recorrente na cadeia de frio é a exposição das vacinas a temperaturas abaixo de +2ºC.


Erros que frequentemente causam essas falhas e prejudicam a eficácia das vacinas:

  • Práticas que exageram a proteção das vacinas contra o calor, expondo-as ao congelamento. Este problema representou 31% das falhas encontradas.

  • Refrigeradores específicos para conservação de vacinas com temperaturas menores do que 0°C — representaram 21,9%.

  • Falta de monitoramento rigoroso da temperatura. Congelamento durante o transporte, o que ocorreu com 75% das vacinas.


Os cuidados mais importantes com a cadeia de frio são:

  • Monitoramento das temperaturas máxima, mínima e do momento, durante as 24 horas do dia.

  • O uso de refrigeradores adequados para armazenamento de vacinas (não é permitido o uso de frigobar).

  • O uso do refrigerador para armazenamento exclusivo de vacinas.

  • A não utilização da porta do refrigerador ou qualquer outro local, como bancadas e armários, para armazenamento de vacinas.

  • A presença de termômetros digitais de fácil visualização em todos os refrigeradores e caixas térmicas.

  • A elaboração de um plano de contingência para o caso de problemas com o equipamento ou queda de energia.

  • A adequada conservação das caixas térmicas utilizadas para transporte de vacinas, que devem estar em perfeito estado, sem rachaduras e com a correta vedação.

  • O uso de bobinas de gelo que estejam dentro do prazo de validade e não apresentem vazamento


Fonte: BALLALAI, Isabella; BRAVO, Flavia (Org.). Imunização: tudo o que você sempre quis saber. Rio de Janeiro: RMCOM, 2016. Disponível em: https://sbim.org.br/publicacoes/livros acesso em: 27 de jan de 2020.

11 visualizações

Tagview Tecnologia

Rua Frei Manoel da Ressurreição 1488  Campinas, SP

CEP 13073-027