• Yasmin Marchesini

Dicas para montar uma clínica de vacinas

Se você está pensando em montar uma clínica de vacinas e não sabe por onde começar, então este conteúdo é o que precisa ler! Montar uma clínica de vacinas não é tão simples, pois esse processo precisa de um investimento financeiro de cerca de R$250 mil e cerca de 50m² e um responsável técnico pelo negócio.


Para saber as dicas que preparamos para você montar a sua clínica de vacinas, continue lendo!


Faça pesquisas, entenda do negócio e conheça o seu mercado


Antes de começar qualquer negócio, é importante entender que o primeiro passo que você deve dar é realizar uma pesquisa profunda, pois é necessário que você estude o mercado antes de entrar nele, para evitar erros bobos durante o percurso.

Dessa forma, alguns questionamentos são fundamentais para esse início, como: você conhece os seus concorrentes? ou sabe se o lugar que quer investir é o mais adequado? O acesso a sua clínica será fácil? até mesmo sobre as formas de atendimento e estrutura que a sua clínica de vacinas precisará oferecer!


Planejamento é tudo!


Depois de coletar as informações necessárias para construir a sua clínica de vacinas, é o momento de se planejar da melhor forma! Por isso, crie uma estratégia para a sua clínica de vacinas e defina processos. Dessa forma, o seu negócio sairá do papel com mais assertividade.


Normas para legalização


Existem normas que devem ser seguidas para montar a clínica de vacinas. Dentre elas, está a entrega de documentos que são fundamentais para abrir uma clínica de vacinas, sendo eles:

  • Alvará de funcionamento da Prefeitura;

  • Registro junto à Secretaria Municipal ou Estadual de Saúde;

  • Registro junto ao Conselho Regional de Medicina com indicação do responsável técnico;

  • Registro junto à Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm);

  • Licença da Vigilância Sanitária;

  • Licença de segurança do Corpo de Bombeiros.


A necessidade de um responsável técnico na sua clínica de vacinas


De acordo com o Portal da Câmara dos Deputados, só é possível montar uma clínica de vacinas se tiver um responsável técnico da área da saúde. Se você não for um, precisará de alguém para ocupar esse lugar fundamental.

Além disso, o responsável técnico precisará ter autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Conselho Regional de Medicina (CRM) e do Conselho Regional de Enfermagem e da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) para atuar.


Defina sua estrutura e equipamentos


Existem alguns pontos para a construção ou reforma do espaço da sua clínica de vacinas, sendo eles definidos pela Secretaria Municipal de Saúde. Ou seja, é preciso que você consulte o órgão na sua cidade e esteja por dentro de todas as regras.

Por isso que algumas são bem comuns, como ter paredes azulejadas, piso frio e lavável, boa iluminação, uma ventilação adequada, pias de granito, mármore ou inox; além de balcão para preparo dos imunobiológicos.

Outro ponto importante é a limpeza! Tudo precisa ser higienizado e estar impecavelmente limpo, além de refrigerado. Ainda, a sua clínica de vacinas precisa ter divisões: recepção, depósito, sala de vacina, sanitários e copa.

Além disso, você terá que comprar equipamentos, como computador, mesa, telefone, impressora e cadeiras.


Corra atrás do seu sonho!


Por fim, mais que querer, é preciso entender o mercado, conhecer o espaço que se quer inserir e se dedicar para conquistar a confiança dos clientes. Por isso que essas dicas valiosas vão te ajudar a colocar o seu sonho de montar sua clínica de vacina para fora do papel. Agora é estudar, planejar e colocar em prática!


Fonte: Como montar um negócio


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo